14.11.11

E eu sou...

Assisti "O Palhaço" dia desses...

Uma das passagens diz assim: "o gado bebe leite, o rato come queijo e eu sou palhaço..."

Fiquei horas pensando sobre isso e tentando descobrir o que eu sou!

Eu cheguei a surpreendente conclusão de que não sou nada!
Mas, não um nada num tom pejorativo. Sou um nada que é tudo ao mesmo tempo e não é nada profundamente.
Sou tantas coisas...
Talvez seja essa mania besta de geminiana de saber de tudo, mas não mergulhar de cabeça em nada.
Não me vejo sendo uma coisa só.
Eu não sou isso ou aquilo.
Não consigo.
Não sou palhaça. Não sou vaca. Não sou rata.
Aliás, essas coisas no feminino soam tão diferentes, né?!? Rs...

O gado bebe leite, o rato come queijo e eu... Eu sou Thatá.

Uma menina. Maluquinha. Romântica. Brava. Doce. Simpática quando quer. De sorriso fácil. Ciumenta. Atenciosa. Que ama dar presente. Que se faz presente.

Uma mulher!

Descobrindo uma nova vida e bem feliz por isso!

10 comentários:

  1. Thatá

    Você resumiu tudo numa só frase:

    "O gado bebe leite, o rato come queijo e eu... Eu sou Thatá."

    bjocas procê

    ResponderExcluir
  2. Com o tempo vamo-nos descobrindo e adquirir certezas de que somos algo no meio de um tudo mas seremos sempre um nada em relação ao todo.
    ps: Realmente no feminino ficou bastante... estranho.

    ResponderExcluir
  3. Assisti também este belo filme. E é interessante essa busca pelo saber o que somos. Talvez apenas humanos. O que já é muita coisa. E há um universo de possibilidades dentro de nós. Seres que de apenas duas células se transformam numa explosão de órgãos e sentidos. Assim, percebe-se que podemos ser muitas coisas em seqüência ou ao mesmo tempo.

    Obrigado pela visita e pelas dicas.
    Estou em pausa. Como uma pausa musical. O silêncio também faz parte da melodia.

    Sempre agradável passar por aqui.

    ResponderExcluir
  4. ...E até pouco tempo alguém me chamava de lindo, amor, paixão, benzinho....Eu não poderia imaginar que isso faz tanta falta. Eu não queria ser o charles, queria ser o benzinho, o amor, o lindo....

    xx

    Eu escancarei a porta do lugar em mim em que ficava escondido o charles que se preservava demais.

    xx



    Eu sou aquele...

    Eu sou aquele que contempla as estrelas, fica completamente absorto pensando num grande amor, enamora a lua e chora de emoção com tantos pensamentos bons.


    Eu sou aquele que vende a imagem de mulherengo e não passa de o homem mais apaixonado do mundo.

    Eu sou aquele que acha que não existe orgulho quando se implora para um grande amor não ir embora.

    Eu sou aquele ingênuo que se entrega completamente num grande amor e imagina que é amado de forma recíproca e que por isso esse amor será eterno.

    Eu sou aquele que acha que por um grande amor, mesmo sem dinheiro, se pode mudar de cidade, largar o previsível e o mais ou menos seguro e encontrar uma Amélia no século XXI.

    Eu sou aquele que acha impossível alguém trocar qualquer coisa, mesmo milhões de reais por uma paixão.

    Eu sou aquele que com a mulher amada faz sexo em câmera lenta e vai na velocidade 5 do créu se a circunstância pedir.

    ResponderExcluir
  5. Lufe,

    Rs... E é bom ser Thatá, viu?!? Um dia, devia experimentar... Risada, na certa!!!

    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Paulo,

    Realmente vira uma coisa super filosófica de ser tudo e nada ao mesmo tempo e confesso que acho até charmoso olhar as coisas dessa maneira...

    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Nilson,

    Obrigada pela pausa da pausa e ter vindo aqui...
    Sim, é muita coisa ser simplesmente humano. Talvez, fosse mais fácil ser robô. Mas, não sei se seria tão interessante e divertido!

    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Charles,

    Sou exatamente igual a você!!!
    Assino embaixo todas as suas frases...
    Como é complicado ser assim, não é?!? Amar, respirar, viver alguém...
    Eu me jogo nas relações. Sou intensa.
    Pena que nem sempre os outros valorizam, ou sequer, entendem o nosso jeito.

    Mas, quer saber?!?
    Problema de quem não aproveita tudo que podemos oferecer!

    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Promete que vai ser sempre a Thatá, assim, inteira, plena, sem carregar nenhum outro rótulo que não esse, o teu próprio?

    Promete?

    =)

    Adorei a reflexão.

    Um beijo, lindona.

    ResponderExcluir
  10. PROMETO!!!!!! Rs...

    Beijo, linda!!!

    ResponderExcluir